Sobre a Escola

Programação

Pesquisas em Processamento de Linguagem Natural e Lingüística de Corpus têm tido um desenvolvimento significativo nas últimas décadas, em especial na Europa e mais recentemente nos Estados Unidos. No Brasil, no entanto, essas áreas ainda não estão amplamente difundidas, pois se concentram em algumas universidades apenas. O objetivo da Escola - inspirada na I Escola de Verão da Linguateca, realizada no Porto, em Portugal, em 2006 -  é tornar esse conhecimento acessível a um público mais amplo, familiarizando-o com conceitos e abordagens relacionados à construção e exploração de corpora, ao tratamento do léxico em suas várias modalidades (dicionários, glossários, ontologias) e à tradução automática, oferecendo-lhe também a oportunidade de ter uma experiência prática nessas áreas. [leia mais]

A Escola constará de seis módulos, o último dos quais é opcional:

1. Introdução ao Processamento de Linguagem Natural (PLN)

2. Corpus: conceitos, técnicas e abordagens; compilação e balanceamento; corpus histórico; corpus comparável; corpus paralelo.

3. Léxico: conceitos, técnicas, abordagens; léxico bilíngüe, ontologias, tesauri.

4. Aplicações e Sistemas: tradução automática; ferramentas de auxílio à escrita científica; sumarização automática; NLTK.

5. Abordagens e Métodos: redes neurais.

6. Programação para Lingüistas: noções básicas de programação especialmente direcionadas às necessidades de lingüistas.

[veja a programação completa]

Corpo Docente

Ana Frankenberg-Garcia – ISLA/FCCN

Gladis Maria Barcelos – DL/UFSCar

Marcelo Finger – IME/USP

Maria das Graças Volpe Nunes – ICMC/USP

Maurizio Babini – IBILCE/UNESP

Oto Vale – DL/UFSCar

Ronaldo Martins – Mackenzie

Sandra Maria Aluísio – ICMC/USP

Stella Esther Ortweiler Tagnin – DLM/FFLCH/USP

Steven Bird - University of Melbourne, Austrália

Thiago A. S. Pardo – ICMC/USP

Tony Berber Sardinha – LAEL/PUCSP

Apresentações

Imagens

Leituras Recomendadas